quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Fragmentos

Choro,
por ti lágrimas secas de dor amarga que me alaga a alma.
Sorrio,
repleto da tua beleza.
Desejo,
a plenitude de me perder em ti.
Voo,
para alem do tempo e do espaço.
Respiro-te.

Vivo,
porque existes.

2 comentários:

  1. Declaração muito bonita...
    beijo
    Sereia

    ResponderExcluir
  2. Simples e perfeito...
    Beijo

    ResponderExcluir