domingo, 18 de outubro de 2009

Lagrimas

Hoje senti a tua falta como se faltasse uma parte de mim, lagrimas percorreram o meu rosto e mesmo quando não me caíam no rosto a minha alma estava inundada e moribunda por não estares...

Não suporto a tua falta, não aguento a tua ausencia, morro por dentro, sofuco, agonio, estrabucho, choro, imploro a mim mesmo para desistir da minha decisão, mas levarei isto até ao fim apenas te Para que saibas o quanto te amo. So espero que o sacrificio do nosso amor valha a pena...

Serei para sempre teu...

Um comentário:

  1. É muito bonito um amor assim, não desistas.
    Boa sorte

    ResponderExcluir